Será o tempo imprevisível?

Ontem (segunda-feira) resolvi ver a previsão do tempo para hoje. Olhei em uns 3 sites diferentes, e todos diziam mais ou menos a mesma coisa: muito calor durante o dia, e pancadas de chuva – como se a chuva doesse – somente à noite. Todos eram categóricos ao afirmar que não choveria durante o dia.

Bom, se você mora em São Paulo, nem preciso dizer que a previsão falhou miseravelmente. Não só choveu o dia inteiro, como também ocorreu um caos desgraçado como há muito não se via. É nessas horas que agradeço por morar tão perto do trabalho.

Afinal, por que a previsão do tempo erra tanto? Se ela dissesse pelo menos que choveria o dia todo, tudo bem. Mas ontem dizia que faria sol o dia todo, e só choveria após as 19h. É um erro muito grosseiro, não se justifica. Hoje eu entrei novamente nos mesmos sites, e coincidência ou não, todos já haviam atualizado suas “previsões” para “chuva o dia todo”, e até as temperaturas mínimas e máximas estavam diferentes de ontem. Devia ter tirado um screenshot.

Espero que não seja da forma que eu penso, mas a impressão que tenho é que um metereologista não precisa acertar. Pior, ele pode errar à vontade, que tudo bem. Deve ser uma das profissões menos estressantes que existem, porque o chefe não tem como cobrar resultados, afinal de contas, é uma previsão, não é a verdade absoluta. É quase igual a um picareta vagabundo charlatão cartomante: chuvas esparsas ocasionais (pode chover ou não, em qualquer lugar, a qualquer hora; assim até eu), mínima de 19 e máxima de 30. Não sei quanto a vocês, mas para mim, 19 graus é um frio desgraçado, e 30 graus é um calor infernal. São Paulo deve ser a única cidade do mundo onde a temperatura varia tanto em um único dia (com exceção, é claro, dos desertos). Fazer previsões assim é o mesmo que dizer que este ano alguma celebridade famosa vai morrer, que você tem que tomar cuidado com alguma pessoa invejosa que pode estar te desejando o mal, ou que hoje o dia está propício para o amor (se acontecer, acertei, se não acontecer, você que não soube aproveitar).

Fora a picaretagem e o fato de ninguém saber nada mesmo – e achar que sabe – temos o fato de que São Paulo é enorme. Alguns bairros são mais populosos que muitas cidades, as distâncias são extremamente absurdas. Tem bairros que ficam a mais de 40 km do centro. Tem reservas indígenas e áreas de preservação ambiental dentro da cidade. Diz a lenda que existe um ponto da zona sul do qual é possível ver o mar. No extremo sul tem um bairro onde meu celular não tinha sinal. Não é de se esperar que a previsão do tempo para a cidade toda seja tão falha. Se separassem por bairros, talvez errassem menos. É uma área muito extensa, não tem como ser preciso e abrangente ao mesmo tempo. Meu pai sempre via na TV reportagens de alagamento em São Paulo e me ligava preocupado, apenas para ouvir de mim que “aqui no meu bairro nem choveu”.

Claro que uma previsão mais apurada não evitaria a zona que foi o dia de hoje, mas isso já é outra história.

Anúncios