Feito para você… passar raiva

Odeio ir ao banco. Odeio ficar horas na fila, perdendo meu horário de almoço, esperando pelo gerente que, adivinhe, está almoçando. Odeio ver que tem 5 caixas, mas só 3 funcionando, e desses 3, somente 2 estão efetivamente atendendo. O outro está sempre fazendo alguma coisa que ninguém nunca sabe o que é. Isso quando ele não sai e só volta depois de meia hora, por motivos também desconhecidos.

Por isso mesmo adoro a internet. Graças a ela, posso pagar contas, ver extrato, transferir dinheiro, aplicá-lo, dá até para ver os cheques que passei, devidamente microfilmados. Se desse para imprimir dinheiro – legalmente, claro – eu nunca mais iria ao banco.

Mas nem tudo são flores. Hoje fui fazer um pagamento online, mas fui surpreendido com uma bela mensagem de “horário para esta operação excedido” ou algo assim. Que coisa, era muito tarde para fazer pagamento online. O problema é que não era tarde, eram umas 9 da noite. PORRA, até para tirar dinheiro na agência, no meio da rua, com todos os perigos que a maldita violência urbana oferece, o limite de horário é 22 horas. Por que para uma operação de pagamento pela intenet, no conforto e segurança de minha residência meu apartamento, o horário limite é mais cedo? E a suposta facilidade que eu supostamente deveria ter ao utilizar o bankline, onde fica? (essa é melhor nem responder)

Pior que já fiz pagamentos anteriormente, nesse mesmo banco, em horários que excediam facilmente as 21 horas. Será que depende do tipo de pagamento, ou pior ainda, do valor? (coincidência ou não, o valor de hoje era baixo, já o valor que consegui pagar de madrugada era bem mais alto)

Limite de horário para uma operação online sem interação humana é ridículo. Quer dizer, eu espero que seja sem interação humana, porque senão é uma estupidez sem tamanho. Consegue ser mais ridículo que o horário de funcionamento das agências (10h às 16h com pausa para almoço? Não sabia que os caixas eram todos estagiários)

Sim, eu sei que os pobre coitados que ficam no caixa não fazem só isso. Eu sei que depois que a agência fecha, eles ainda ficam lá fazendo sei-lá-o-que, e que eles fazem mais um monte de outras coisas que completam suas 8 horas de trabalho. Eu sei que os bancos não contratam pessoas exclusivas para o caixa porque o atendimento não é prioridade, já que é o que dá mais dor de cabeça e menos lucro. Sei que minhas reclamações, por mais válidas que sejam, jamais serão atendidas.

Mais uma série de motivos para odiar uma ida ao banco.

Anúncios

3 Respostas

  1. Nossa, nem lembro a última vez que tive que ir no banco, tirando as idas ao caixa eletrônico para pegar dinheiro. Faço tudo pela internet agora.

    Até vi notícias de agências virtuais, mas que na prática é a mesma coisa. Afinal, você tem que ir até uma agência de referência para assinar os documentos. Mas um dia a gente chega lá.

    E não existe essa de pobre coitado. O banco oferece um serviço e precisa dar todas as condições possíveis para executá-lo. Os banqueiros precisam lembrar que somos clientes, não fonte fácil de dinheiro e lucro.

  2. Bom, de qualquer forma, o sujeito do caixa é pobre coitado porque acaba ouvindo todas as reclamações dos clientes insatisfeitos.

    E cliente insatisfeito é um pleonasmo bancário.

  3. Bom, basta ter BASTANTE dimdim no banco e requisitar atendimento Prime/Personal/VanGogh/Uniclass/Etc.

    Enquanto isso é reclamar com o coitado do caixa. E utilizar a internet para acessar seu banco, torcendo para dar certo (malditos programadores…).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: